ENTRETENIMENTOGAMESTV E FAMOSOS

A Anna Bagunceira também homenageou o mês do Orgulho LGBTQIA+

Youtuber e gamer, veja as dicas que ela preparou para gente.

No youtube Anna aborda sobre séries, filmes, games e a maioria deles com temática LGBTQIA+.

A youtuber e influenciadora digital Anna Bagunceira, que também é Ex-The Voice Brasil e hoje acumula mais de 437 mil inscritos no canal, comenta sobre o cenário de representatividade LGBTQIA+ em séries e filmes:
“Acho que a gente tem muito caminho a percorrer. Carecemos muito de representatividade, principalmente no universo de fantasias, como o das princesas. A Disney vem mudando isso, principalmente integrando isso no mundo da Marvel e colocando heróis LGBTQIA+. O que eles precisam muito fazer para mudar de vez a mentalidade das pessoas é inserir de forma naturalizada isso no mundo da Pixar, nas princesas. As pessoas associam a comunidade LGBT como algo pervertido e que induz as pessoas a algo. Se tivermos essa representatividade, talvez vejam que não há nada errado, que somos como qualquer outra pessoa e que nascemos assim”.
Anna Bagunceira também é gamer e aborda o assunto no canal através de seus vídeos e lives jogando. Para ela, o universo de games também vem mudando e trazendo representatividade LGBTQIA+ nos jogos.
“A Sony Playstation está fazendo um ótimo trabalho com a saga de The Last Of Us, tivemos um protagonismo de uma personagem lésbica no segundo jogo. Ela já era protagonista no primeiro, mas ainda era muito nova, agora já vem como uma adolescente e protagonismo no jogo inteiro. É um dos maiores jogos já produzidos e temos uma representatividade incrível. Tem representatividade com lésbicas, bissexuais e transexuais. Está mudando, isso é muito bom mesmo”, completa Anna.
Além disso, a youtuber também comenta sobre o espaço de pessoas LGBTQIA+ inseridas e com visibilidades no universo de gameplay. “Estou vendo que está crescendo o número de pessoas da comunidade no universo de gameplay. Isso me deixa feliz. Temos muito caminho pela frente, mas sinto que estamos saindo do lugar”.
Mostrar mais

12 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo