+90 EXPRESSOESPORTES

APÓS AMEAÇAS DE MORTE, CÁSSIO DECIDE SE PRONUNCIAR

Torcedor corintiano, manda foto com arma e ameaça Cássio e sua família de morte.

Após Cássio e sua esposa, Janara Sackl, sofrerem ameaças de morte, de um “torcedor” o
goleiro se pronunciou por uma nota oficial. Em trecho da nota, o arqueiro alvinegro diz:
“…desafio alguém a provar que eu tenha ficado mais de dez anos no Corinthians sendo
“vagabundo” ou “paneleiro”, os termos que foram usados hoje e que aparecem em
algumas manifestações vez ou outra.”

Na tarde da última quinta-feira (07), Janara, começou a receber diversas mensagens em
seu Instagram pessoal, fotos e áudios também foram recebidos pela esposa do arqueiro
corintiano. Segundo apuração do ge.globo, uma foto da camisa do Corinthians com uma
arma e munições em cima, também foi enviado, gerando medo e resolva.
Após um comentário de um torcedor corintiano pedindo a saída de Cássio do clube,
Janara respondeu: “orando pra isso! Já deu desse bando de torcedor ingrato e sem
vergonha”

Depois do ocorrido o goleiro e o Sport Clube Corinthians Paulista, soltaram uma nota
oficial. Em seu Instagram, Cássio escreveu; “Sempre fui um jogador que lidou bem com
críticas, discordei e me defendi quando necessário, além de admitir falhas quando
entendi que elas aconteceram.” Em outro trecho, ele diz que o caso já foi encaminhado
para a delegacia responsável. “Encaminhei à polícia os áudios recebidos por minha
esposa, para que, quem tenha a competência necessária, possa cuidar do caso. Não
posso aceitar esse tipo de ameaça de forma alguma. Espero que a justiça seja feita.”
Cássio, ressaltou seus mais de 600 jogos com a camisa alvinegra, seus títulos e todos os
momentos que passou lá, dizendo até que já abriu mão de seu bem estar para atuar em
jogos. “Muitas vezes, entrei em campo sem as minhas melhores condições para ajudar o
Corinthians. E fiz isso sem esperar nada em troca.”

O Time do Corinthians, também soltou uma nota oficial em seu Instagram oficial,
repudiando os acontecimentos. “O Sport Club Corinthians Paulista repudia
veementemente as ameaças de morte e violência feitas ao goleiro Cássio e sua família
através de mensagens enviadas em uma rede social.”

INSATISFAÇÃO DA TORCIDA

No mesmo dia que ocorreram todos esses fatos, a maior torcida organizada do timão,
Gaviões da fiel, invadiu o C.T do clube, para cobrar os jogadores pelo baixo
desempenho em campo e a falta de vontade dos atletas. Após alguns rumores de racha
no elenco, por descordarem da forma de trabalho do técnico Vitor Pereira, a organizada
conversou com alguns dos medalhões, e deixou bem claro, que a partir de hoje não
haverá paz, enquanto não voltarem a jogar com vontade.
Em entrevista para o Uol Esporte, o vice-presidente da Gaviões, Biu, comentou sobre o
que foi discutido com os atletas. ‘Fizemos aqui a presença hoje para poder cobrar os
jogadores, da postura que está tendo dentro de campo. Precisa de mais empenho e
melhor daqui pra frente. Também deixar claro todo apoio que a Fiel tem com o técnico
Vítor (Pereira), estamos com ele. Se for necessário colocar qualquer medalhão no
banco, ele tem total apoio pra fazer isso. O recado está dado! Se domingo não tiver o
futebol com raça e com determinação como tem que ser o Corinthians, a cobrança será
mais forte’
Em nota oficial publicada no Instagram, a organizada se pronunciou sobre a situação
atual do Timão. “OU JOGA POR AMOR OU JOGA POR TERROR!”

COMUNICADO OFICIAL DA GAVIÕES DA FIEL

“Estamos anunciando o fim da paciência com o atual elenco do Corinthians diante da
postura que vem sendo apresentada nos últimos jogos, principalmente pelos medalhões.
Vitória ou derrota fazem parte do futebol e a FIEL estará com o time em qualquer
situação, porém vontade e raça são critérios indispensáveis na história do Corinthians.
Nesse atual elenco o que vemos é um time apático, desorganizado, sem vontade e sem
RAÇA!!! Não briga por uma bola, tiram os pés das divididas, não dão sequer um
carrinho para demonstrar raça e determinação. Isso NÃO TOLERAMOS!!!

Não venham com desculpas de pré-temporada, calendário de jogos excessivo, pois mais
uma vez, após dez dias de descanso e treinamento, tínhamos a oportunidade de reagir e
começar com o pé direito na competição mais importante do ano, contra um time
tecnicamente muito inferior (sem falar na discrepante folha salarial). E o que foi
mostrado, mais uma vez, foi a falta de compromisso e vontade. Um time absolutamente
sem a cara do Corinthians.

É INADMISSÍVEL tomarmos gols em inícios de jogos de maneira tão recorrente. Isso
já vem acontecendo desde o ano passado. Pior ainda é a falta de reação e de entrega para
reverter esse erro primário durante a partida.

Diante dessa situação, os Gaviões vêm por meio desta nota informar que A
PACIÊNCIA ACABOU. Iremos tomar as providências necessárias para pressionar esse
atual elenco a entender o que é CORINTHIANS. Hotéis, saídas de jogos, CT.

Estaremos em todos os lugares para não deixá-los esquecer onde estão jogando.
A comissão técnica deve ter total autonomia para barrar os jogadores que estão
descompromissados e rendendo pouco: Cássio, Gil, Fábio Santos, Paulinho, Jô…o
passado de vocês não entra mais em campo.

E se for para ficarem com vaidade e corpo mole, visando derrubar técnico, nossa
postura será outra também!!!
OU JOGA POR AMOR OU JOGA POR TERROR!

Mostrar mais

Daniel Darlan

Estudante de jornalismo na Universidade Nove de Julho, criador do site de notícias "Expresso News" e apaixonado por esporte, política e Televisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo