ENTRETENIMENTOFILMES E SÉRIES

Curta de animação brasileiro foi exibido em festival canadense

"Footsteps on the Wind" apareceu no Oakville Festivals Of Film & Art

O curta-metragem foi produzido pelos brasileiros da Dirty Work em colaboração com a britânica Chasing The Light Studio foi dirigido pelos brasileiros, Gustavo Leal e Faga Melo.

O festival apresenta longas-metragens, curtas e documentários de autores consagrados e premiados, bem como obras de novos e experientes cineastas canadenses locais. Em seguida ouveum bate-papo com a equipe de diretores e produção: Ito Andery (produtor), Gustavo Leal, Maya Sanbar e Faga Melo (diretores). “Footsteps on the Wind” é um filme da produtora paulista Dirty Work, em colaboração com Chasing The Light Studio, com sede em Londres e é dirigido pelos brasileiros Gustavo Leal, Faga Melo e pela palestina-libanesa Maya Sanbar.

“Footsteps on the Wind” conta a história de duas crianças que perdem seus pais tragicamente e devem viajar para a segurança em uma viagem misteriosa. Enquanto lida com temas de migração infantil, luto e resiliência, a animação pretende ser uma ferramenta de storytelling para todos os traumas e sentimentos de perda e esperança.

O cantor e compositor de renome mundial, ator e ativista Sting, escreveu a música “Inshallah”, trilha sonora do curta, Sting que também é produtor executivo do filme, ressaltou que: “Músicas são como máquinas de afinidade, ao passo que você escreve sobre uma situação enquanto empatiza com os personagens; então muitas vezes o ouvinte acaba também sentindo empatia por pessoas na mesma situação. A situação a qual eu me refiro na música é a dessas famílias fugindo do perigo em barcos de borracha tentando cruzar o Mediterrâneo para chegar a um local seguro. Eu sou pai; eu sou avô. Eu me imaginei ali querendo trazer minha família em segurança durante uma situação muito perigosa. A palavra ‘Inshallah’ – que significa ‘se Deus quiser, então acontecerá’ – soou para mim como uma oração que as pessoas nesta situação estariam fazendo. E então a música praticamente se escreveu sozinha.”

O curta “Footsteps on the Wind” pretende entreter e educar, explorando a realidade de crianças refugiadas desacompanhadas, contada da perspectiva de uma criança, com um tom de fantasia.

Sobre “Footsteps on the Wind”, Gustavo e Faga diretores do curta dizem: “As pessoas não conseguem imaginar como é ser refugiado ou como seria deixar para trás seus sonhos, cultura e identidade para seguir um caminho de incertezas, em um oceano de desconhecidos. Esperamos que este filme possa aumentar a conscientização e fazer a diferença na vida dessas pessoas”.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo