+90 EXPRESSOESPORTES

Em final do Paulista a arbitragem foi quem mais chamou a atenção

A vitória do São Paulo por 3x1 em cima do Palmeiras, ontem (30), no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista no Morumbi, causou muita controvérsia em relação arbitragem

O jogo da primeira final do Campeonato Paulista foi marcado por polêmicas envolvendo a arbitragem de Douglas Marques Flores e o VAR que era comandado pelo árbitro José Cláudio Rocha Filho, mas também não podemos negar o amplo domínio que a equipe do São Paulo teve sobre a equipe do Palmeiras.

O tricolor acabou dominando a partida tendo as melhores chances de gol e ficando a maior parte do tempo com a bola, tendo 53% de posse de bola e dando 13 chutes, sendo 4 deles no gol.

Mas o protagonismo acabou sendo tomado pelo árbitro da partida e o VAR, no final do primeiro tempo o VAR chamou o Douglas Marques Flores para ver um possível lance de pênalti, o lance chamou atenção por conta do Marcos Rocha estar com as duas mãos coladas ao corpo, o que não caracteriza pênalti.

Veja as regras em relação ao lance:

1- Se o jogador tocar a bola deliberadamente com mão ou braço, movendo a mão ou o braço em direção a bola;

2- Tocar a bola com a mão ou com o braço quando a mão ou o braço estiver em posição antinatural e com isso ampliando o espaço do corpo. Por ter a mão ou braço em tal posição, o jogador corre o risco da mão ou braço ser atingido pela bola e ser penalizado.

Renata Ruel, comentarista de arbitragem dos canais do grupo Disney, disse o seguinte sobre o lance em seu Twitter:
“A regra fala que é infração de mão/ braço se o jogador amplia o espaço corporal de forma antinatural. O Marcos Rocha tem ambos os braços juntos ao corpo, é claro que um ficará mais para fora, mas tenta proteger o rosto. Isso não é pênalti. Estão acabando com o futebol.”

Diversos outros comentaristas de arbitragem disseram que ainda não entenderam a marcação do pênalti e até porque o VAR chamou o árbitro para a revisão.

Também foi citado outros dois lances que foram contra a equipe do Palmeiras. Teve um possível pênalti em cima do Gustavo Gómez, depois da cobrança de falta do Gustavo Scarpa o zagueiro palmeirense é puxado dentro da área, mas dessa vez o lance nem foi para a revisão. O outro lance é no terceiro gol do São Paulo, a equipe palmeirense reclama de uma possível falta em cima do Wesley cometida pelo Calleri antes dele colocar a bola para o fundo das redes.

O que também chamou bastante a atenção após ao jogo, foi as postagens da presidente da comissão de arbitragem da Federação Paulista de Futebol, Ana Paula de Oliveira fez uma postagem no meio da torcida do São Paulo, o que não é comum, mas segundo uma nota da federação ela disse que estava sim no camarote fornecido a federação, a outra postagem foi com toda a comissão de arbitragem após o jogo com a legenda escrita “Orgulho”, muitos palmeirenses foram na publicação reclamar sobre a arbitragem. Hoje no final da tarde a federação soltou uma nota dizendo que as publicações dela foram inadequadas.

O vice-presidente do Palmeiras apareceu na coletiva antes de Abel Ferreira e comentou sobre a arbitragem:
“Jogamos 10 finais nos últimos anos, ganhamos e perdemos, mas nunca aconteceu algo assim. O pênalti marcado foi totalmente fora da regra. Tivemos invasão na cobrança do pênalti que o VAR tem que chamar. Houve um tratamento para o nosso treinador e outro para o técnico deles. Teve ainda um pênalti no Gustavo Gómez. Se faz necessária uma manifestação do Palmeiras. Houve interferência da arbitragem no resultado da partida. O que a gente espera é que, no próximo jogo, não haja interferência da arbitragem. Isso é o que o Palmeiras pede. Infelizmente o que ocorreu hoje precisava de uma manifestação dura do Palmeiras, como ainda não tínhamos feito em nenhuma outra oportunidade”.

Abel Ferreira também comentou sobre o assunto
“Foi um golpe emocional, inadmissível. Queria que o juiz viesse aqui dar a cara. Dar entrevistas, quero ver ele sentar aqui e dar a cara. Se o treinador não apresenta resultado é mandado embora. E com os árbitros tem que ser igual. O Gómez sofreu um pênalti claro e o VAR estava a comer pipocas. Não viu o agarrão claro. Este Paulista já está inclinado, faça o que quiserem, já está inclinado!”.

E aí para vocês o Palmeiras foi prejudicado?

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo